terça-feira, 28 de outubro de 2014

Pra você que nunca sentiu fome



As relações sociais entre os homens não se diferem em nada em comparação aos outros animais. A vida é um jogo de ataque e defesa. A única diferença é que nós complexificamos mais as coisas.

Na natureza os animais utilizam muitas estratégias para sobreviverem. Estratégias que requerem muito dos seus músculos e muita astúcia também. Músculos são importantes, ter estrutura é essencial. Astúcia é mais ou menos "malandragem". O homem é igual, utiliza ou da força que emana do poder e da brutalidade, ou da esperteza. Isso, acredito eu, acontece na maioria das vezes.

Só que tem pessoas que estão além desses fatores que citei acima. São os que usam inteligência. Inteligência pra mim é saber lidar com as situações da maneira mais eficaz e produtiva. É criar resultados que evitem desgaste e que tenham a realização de um objetivo como consequência, mas sem sequelas. É retirar o máximo dos próprios recursos, utilizando-os de maneira criativa.

O jogo da vida é brutal, se formos pensar direitinho. Pra nós homens, existem "analgésicos" escondidos em cada prazer da vida pra sarar as feridas consequentes deste jogo sério. A nossa inteligência rege o ponto que queremos chegar. E o nosso descaso, orquestra nossa derrota. Simples assim. As vezes, ataque e defesa, as vezes ação e reação.

Para maioria das pessoas, os analgésicos escondidos em cada prazer fazem acordar o próprio descaso. O descaso que porventura surge do medo de lutar, de atacar e a preguiça de defender. Uma situação estática. Não utilizar o que há de mais primitivo em nós mesmos (músculos e astúcia) e nem a inteligência é descrever a verdadeira derrota do ser humano - ser um "zé ninguém".


Então, se você é um despreocupado que não faz nada por si mesmo, vive nos botecos bebendo, em zonas ou jogando qualquer coisa... se você não age nem reage a nada e vive com o dinheirinho da mamãe ou do papai ... Acorda! Você merece passar fome pra saber o que é o jogo da vida! Porque isso é universal pra qualquer bicho ou ser humano que vive na Terra: encher a pança. A gente só se diz civilizado porque consegue comer sem ter que matar alguém. Agora, se todos tivessem que caçar e soubessem o que é sentir fome, ninguém seria racional. Seriamos como leões numa savana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário