sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

O Medo do PT - Oposição Virtual e RISCO BOLSONARO


Estou me sentindo oprimido.

Quando falamos de política abertamente num blog ou nas redes sociais, ficamos expostos no meio virtual. Eu e tantos outros colegas entregamos quase que diariamente opiniões sobre nosso ponto de vista, munidos da nossa liberdade de expressão.

Mas parece que não podemos contradizer nada deste governo mentiroso e imperialista. Não podemos tomar partido da direita conservadora. As nossas verdades são ignoradas, assim como as mentiras da corrente governamental. Leia este artigo AQUI, a estratégia suja do governo Dilma para policiar e oprimir a oposição virtual.

A máquina agora quer nos manter calados. Quer nos rotular como escória.

O PT ganhou por pouco a chefia maior do Executivo e quer se perpetuar apelando para políticas covardes e dominadoras.

E quando defendemos o Bolsonaro, não pelos excessos dele, não pelo militarismo, mas sim pelas verdades que fala, somos rechaçados como incitadores do ódio, do preconceito e de tudo que é ruim. Sendo que tudo isso é por uma simples inversão de interpretação e de valores. Coisa leviana, parcial e desrespeitosa à opinião adversa.

O papel da oposição é gerar a discussão. É o preceito básico da democracia. Tem de haver conflito de ideias, tem que haver exposição dos lados e questionamentos abertos. Não podemos ficar calados diante de tanta "sem vergonhice" que tem rolado no governo Dilma, e nem admitir que nos oprimam por sugestionar o eleitorado. Não somos cegos, nem surdos. Não admitimos essa propaganda falsa de prosperidade, com o Congresso comprado e leis sendo derrubadas. Falamos o que vemos, e é tudo tão literal que me envergonha quando alguém tenta contestar coisas tão óbvias, como o total envolvimento do PT na roubalheira da Petrobrás. Não há como partidarizar com essa infame, assaltam-nos e tentam calar os que se opõem com propaganda mental demagógica, lobotomizando os mal informados.

O governo petista está morrendo de medo do crescimento do Bolsonaro na mídia,  porque percebe que prejudica os planos para o futuro. A crucificação do deputado é sabida por quem tem o mínimo de discernimento. A propaganda leninista feita pelo PT embute falsas ideias de prosperidade. É fácil concluir isso quando vemos o resto do mundo crescer e nossa economia encolher-se. Preocupante como o brasileiro não se interessa por questionar com fervor todos esses escândalos pós-eleições, e daí surge o "RISCO BOLSONARO". Enquanto houver um homem enérgico e honesto falando verdades que chegam a todos, o poder estará ameaçado.

Vejo claramente a mídia de massa transformar coisas furtivas e até pouco dignas de atenção em situações tempestuosas, como essa discussão absurda de interpretação da briga entre Bolsonaro e Maria do Rosário. Repito, pouco dignas de atenção. O índice de estupros não vai aumentar nem diminuir por conta da falácia, muito menos está sendo incitado. Diminuiria com o projeto de lei que aumenta a pena do estuprador. Ponto para Bolsonaro que focou no problema e tem feito algo para mudar os números com atitudes.
E ainda assim a mídia insiste em exaltar o deputado como desqualificado. Se é para vender notícias, para manter a polêmica no ar e desviar atenções do que acontece em Brasília, não dá pra ter certeza, mas é uma coisa a se pensar. O que fica claro é o poder da mídia sobre a criação e manipulação de assuntos de domínio geral, e porque o PT quer tanto arruinar a imagem de seus inimigos dentro dessa esfera.

Agora até dos pequenos internautas querem ter o controle.

Temos direito de fazer oposição e liberdade garantida na Constituição para nos expressarmos. Ninguém pode calar a nós, os indignados. Fazemos nossa parte na luta em prol da democracia. A minha parte é feita aqui, o blog está disponível a quem quiser. Se o PT não gosta de quem vai contra, dane-se, vai ter que engolir nossa opinião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário